Projeto

A defasagem de bibliotecas no Brasil é uma realidade. Muitos municípios brasileiros não oferecem ao cidadão, quer seja da cidade pequena ou da periferia dos grandes centros, o acesso à leitura, fazendo com que grande parte da população não tenha em seu imaginário ou vivência o uso de uma biblioteca, o que gera um problema básico para formulação e implantação de política cultural.

Na busca por soluções para esse abismo cultural e informacional surge o Ônibus-Biblioteca como uma alternativa econômica e direta para ajudar a modificar esse quadro em um processo de inclusão das regiões e municípios que estão à margem desse serviço.

A ideia de levar os livros até as pessoas é antiga, surgiu em 1930, quando o escritor Mário de Andrade era responsável pelo Departamento de Cultura da cidade de São Paulo. Na época, um carro levava livros pela região central, fazendo empréstimos à população. Hoje, com a mudança no perfil socioeconômico e geográfico da cidade, o foco se deslocou para a periferia, mas continua se modernizando e cumprindo seu papel.

O principal objetivo é o de incentivar o hábito da leitura nas cidades. Os projetos semelhantes implantados vêm contrariando o senso comum que diz que a população de baixa renda não gosta ou não tem interesse em ler.

Os ônibus são mais frequentados a muitas bibliotecas, porque é um espaço lúdico e menos intimidador. Segundo a maioria de seus usuários, o ônibus é facilmente aceito pela população, pois geralmente fica estacionado em locais de referência nos bairros, como postos de saúde, mercados, padarias, associação de bairros e igrejas, o que favorece a aproximação.

One Response to Projeto

  1. Excelente post, muito bem escrito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− 3 = 0

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>