Ir direto para menu de acessibilidade.

Histórico

Acessos: 506

A Biblioteca da Universidade Federal de Lavras (BU/UFLA) teve seu início no Centro Histórico da Escola de Agricultura de Lavras, organizada de forma simples, mas já com o objetivo de contribuir com os estudantes de agronomia daquela época.

Inicialmente a Biblioteca Universitária funcionava no Pavilhão Odilon Braga, numa sala à esquerda da entrada principal do prédio. Ao seu lado, funcionava a Secretaria e a Diretoria da ESAL.

Segundo arquivos e informações pessoais, a Biblioteca Universitária teve o seu início em 1958, porém não possui qualquer documento oficial de criação e/ou inauguração.

Em 1961, havia um amontoado de livros registrados com o nome de Biblioteca e, com a federalização da instituição, a maior parte desses livros foi encaminhada para o Instituto Presbiteriano Gammon.

Em 1965, com poucos livros e revistas, certamente doados, procedeu-se a limpeza desse material e os mesmos foram colocados nas estantes, organizados por ordem cronológica. Nessa mesma época, foi elaborada a primeira lista de livros básicos do curso de Agronomia, exigidos pelo MEC, para serem comprados.

No final dos anos 60 e início dos anos 70, a Biblioteca funcionou por algum tempo no prédio do atual Museu Bi Moreira.

Em 1970 foi criada a primeira Comissão de Biblioteca, formada pelos professores Américo Iório Ciociola (1º Presidente da Comissão), Luiz Carlos Gonçalves Costa, Luiz Henrique de Aquino e Wilson Ferreira Gomes, cuja primeira reunião foi realizada em 5 de outubro de 1970.

Em setembro de 1979, a Biblioteca foi transferida para o novo Campus, onde funciona até os dias atuais, após o término da construção do seu prédio próprio, apenas com a 1ª ala. Em 1983, foi inaugurada a 2ª ala e em 2008, durante as comemorações dos 100 anos da UFLA e do cinqüentenário da Biblioteca, foi inaugurada a 3ª ala, Figura 1.

 Fotos da Biblioteca.

Figura 1 – Prédio da Biblioteca Universitária

Em 2006, foi implantando o Sistema Pergamum, sistema integrado de bibliotecas. O sistema utiliza a arquitetura cliente/servidor, com interface gráfica sendo programada em Delphi, PHP e JAVA, desenvolvido com banco de dados relacional SQL (ORACLE, SQLSERVER ou SYBASE). Em 2013, esse sistema foi atualizado para sua versão 8, o qual disponibiliza serviços administrativos Web. O sistema contempla as principais funções de uma biblioteca, de forma integrada, com o objetivo de facilitar a gestão das unidades de informação, melhorando as rotinas diárias e a satisfação dos seus usuários. Atualmente, o Pergamum é adotado em mais de 220 Instituições, aproximadamente 2.500 bibliotecas em todo o Brasil e no exterior.

Ainda no mesmo ano foi implantado a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações utilizando o TEDE Modular. Em 2008, o sistema foi migrado para o TEDE simplificado. Em 2012, foi implantado o Repositório Institucional da Universidade Federal de Lavras (RIUFLA) inserido no movimento mundial de acesso aberto à produção científica. O RIUFLA é um sistema eletrônico que armazena a produção intelectual da UFLA, em formato digital, e permite a busca e a recuperação para seu posterior uso tanto nacional quanto internacional pela rede mundial de computadores.

O RIUFLA tem como missão coletar, disseminar, preservar e fomentar o acesso aos recursos digitais criados pela comunidade acadêmica da UFLA, promovendo o intercâmbio intelectual, a criatividade, a originalidade, o conhecimento, a inovação e atuando como uma vitrine para a divulgação das pesquisas de alto nível desenvolvidas nesta universidade, atualmente e no passado. O acervo do RI UFLA é composto, além das teses e dissertações defendidas na UFLA, artigos científicos, livros eletrônicos, capítulos de livros e trabalhos apresentados em eventos pelos seus professores, técnicos e pesquisadores.

Ainda em 2012, iniciou a implantação do sistema de Radiofrequência – RFID: segurança, identificação e gerenciamento do acervo da Biblioteca da UFLA, elaborado a partir da constatação da necessidade de garantir a proteção do acervo e também da possibilidade de otimização dos serviços prestados pela BU/UFLA. O objetivo do projeto foi revitalizar a segurança e a gestão do acervo de forma rápida, periódica e precisa, visando à segurança do patrimônio público e aperfeiçoar o serviço de empréstimo e, consequentemente, melhorar a qualidade do atendimento.

Em 2014, foi implantado o Sistema de Ficha com dados fornecidos pelo próprio autor. Anteriormente, para a obtenção da ficha catalográfica das dissertações e teses, era necessário já ter ocorrido a defesa e o autor deveria enviar seu arquivo por e-mail, juntamente com a cópia da ata de defesa e com a sugestão das palavras-chave a serem utilizadas. No caso das publicações da universidade, a solicitação era realizada por e-mail, juntamente com o arquivo e as sugestões das palavras-chave. Para as monografias e outros trabalhos de conclusão de curso este serviço não era prestado. Com a concretização desse projeto o usuário passou a ter autonomia para o preenchimento e elaboração da sua própria ficha. Para as publicações da universidade, livros e outros, a elaboração permaneceu como antes.

Em 2015, houve a implantação do Serviço de Referência Virtual, via Chat, o que consiste em fornecer um novo meio de comunicação entre o usuário e a BU/UFLA, visando atender às expectativas desse usuário atual, que, acostumado às novas tecnologias, espera serviços mais modernos e práticos por parte da biblioteca. Nesses cinqüenta anos, a Biblioteca teve oito diretores.

Quadro 1 – Diretores da Biblioteca Universitária (1966/2018)

  Nomes Período Anos
Carlos Moreira Santos 1966 – 1975 09 anos
Dorval Botelho Santos 1976 – 1991 15 anos
Maria Helena de Castro 1992 – 1996 4 anos
Maria Aparecida de Carvalho 1996 – 2000 4 anos
Maria Helena de Castro 2000 – 2004 4 anos
Antônio Máximo de Carvalho 2004 – 2008 4 anos
Vânia Natal de Oliveira 2008 – 2012 4 anos
Nivaldo Calixto Ribeiro 2012 –  


Atualmente, a Biblioteca Universitária tem 5.200 m2 e está na área central da universidade, onde estão instalados também os correios, a cantina, uma agência do Banco do Brasil, caixas eletrônicos, a livraria universitária, a central de copiadora, o restaurante universitário, associações de classe, o posto policial e a maioria das edificações destinadas às salas de aula.

A estrutura organizacional da Biblioteca Universitária compreende a Comissão Técnica, Diretoria, Secretaria, Assessorias e Coordenadoria, subdividas em 16 setores. A Comissão Técnica atual é formada pelos seguintes servidores:

Nivaldo Calixto Ribeiro
Diretoria da Biblioteca Universitária – (BU)
Fernanda Vasconcelos Amaral
Coordenadoria de Desenvolvimento do Acervo – (CDA)
Simone Assis Medeiros
Coordenadoria de Processos Técnicos – (CPT)
Eliana José Bernardes
Coordenadoria de Repositório Institucional – (CRI)
Thiago Bellotti Furtado
Coordenadoria de Recursos Tecnológicos – (CTI)
Juliana Soares do Nascimento
Coordenadoria de Informação e Serviços – (CIS)

O período de funcionamento da biblioteca é de segunda a sexta-feira, das 7 às 22 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas. Durante o período de férias, a biblioteca conta com um horário diferenciado, previamente divulgado no seu site, redes sociais e outros canais de comunicação.

O quadro atual de recursos humanos é formado por 35 colaboradores, dos quais 14 são bibliotecários, 13 assistentes em administração, 1 auxiliares de biblioteca, 1 assistente em ciência e tecnologia (lotação provisória do CNPq), 1 auxiliar administrativo, 1 auxiliar de agropecuária, 1 auxiliar de serviços de documentação, informação e pesquisa, 1 recepcionista, 2 técnicos em tecnologia da informação. A Biblioteca Universitária conta ainda com a colaboração de 5 funcionários para a limpeza e manutenção do prédio e do acervo.

O prédio da BU é composto de 2 andares, sendo o térreo e o 1° pavimento, cada um deles com 3 alas. O primeiro pavimento é destinado ao acervo de referência e empréstimos domiciliares; área de estudo individual e em grupo; sala de fotocópias; e espaços de circulação, exposições culturais, técnicas e científicas, de consulta e de atendimento aos usuários. No pavimento térreo está localizado 1 anfiteatro com capacidade de até 120 lugares, equipado com aparelhagem de som, climatização e é utilizado para eventos didáticos, científicos e culturais; 2 salas como Espaço de Pesquisa Virtual; ampla área de estudo com cabines individuais; áreas para acervos de pouco uso; Coleção de obras raras e especiais; setores administrativos e de processos técnicos.

 Através do “Projeto Incluir”, do Ministério da Educação, foram disponibilizados computadores para atender usuários com necessidades visuais e estão dispostos em setores de fácil acesso, como nos terminais de consulta ao acervo, na entrada principal da biblioteca e no Espaço de Pesquisa Virtual I. O restante dos equipamentos desse projeto foram cedidos para Núcleo de Acessibilidade da UFLA. A Biblioteca possui também piso tátil e elevador para facilitar a locomoção dos portadores de necessidades especiais.

A frequência média de usuário é significativa, conforme pode ser observada no Quadro 2.

Quadro 2 - Frequência de usuários

Ano Frequência
2017 361.448
2016 331.016
2015 127.412
2014 290.081
2013 366.390
2012 94.225

A Política de Formação e Desenvolvimento do Acervo, que é o conjunto de princípios que norteiam os parâmetros e as responsabilidades para a formação e o desenvolvimento do acervo bibliográfico, busca a compreensão mais exata sobre as áreas, profundidade e utilização da coleção, obtendo subsídios e justificativa para a aplicação anual de recursos financeiros. Em 2013 e 2014, foram disponibilizados mais de 2.800.000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais) para atualização do acervo. No período de 7 de abril a 30 de maio de cada ano, os professores responsáveis pelas disciplinas indicaram, por meio do Pergamum (sistema de gerenciamento de informação da biblioteca), os títulos das bibliografias a serem adquiridos. As aquisições têm como premissas básicas atender as necessidades das disciplinas e as exigências do Instrumento de Avaliação do INEP/MEC, no que tange à qualidade dos cursos de graduação para nota 5.

O acervo atual da BU é composto por:

Quadro 2 – Acervo da Biblioteca Universitária

Material Títulos Exemplares Exe.Adicionais
 Livros 42.031 101.286 1.685
Folhetos 7.501 7.707 1
Catálogos 6 6 0
Artigos 2.537 0 0
Dissertações 5.026 6.137 6
TCC (Graduação) 554 556 0
Norma 86 104 0
Teses 9972 10129 9
TCCP (Pós-Graduação) 21 23 0
Periódicos 2.144 99.706 11
DVD 56 116 4
Gravação de Vídeo 18 18 0
CD-ROM 174 526 15
Computadores portáteis 3 103 0
Braille 10 29 0
Ebooks 158 158 0
Total 70.140 226.447 1.729

 

Com o objetivo de revitalizar a segurança e o monitoramento do acervo de forma rápida, periódica e precisa, visando assegurar o patrimônio público e otimizar o serviço de empréstimo e consequentemente, melhorar a qualidade do atendimento prestado, a Biblioteca Universitária iniciou no fim de 2012, a implantação de um sistema de segurança e gestão de acervo, composto de equipamentos (leitores e antenas) e tags (etiquetas) que se comunicam através da Rádiofrequência, RFID. Esta, por sua vez, disponibiliza informações e potencializa a execução de inúmeras operações para o usuário, como autoempréstimo, autodevolução e inventário, por intermédio de um software usado para “interpretar” os dados contidos nas tags. O sistema de identificação funciona de uma forma muito simples: são colocadas etiquetas eletrônicas com um microchip no material, que pode ser rastreado por ondas de rádio. Para transmitir as informações, essas etiquetas respondem ao sinal de rádio de certo transmissor e envia de volta os dados de sua localização e identificação.

No que se refere aos recursos tecnológicos, a Biblioteca Universitária tem 263 computadores e 1 equipamento de autodevolução distribuídos da seguinte forma:

Quadro 3 – Computadores

Local Qt. Finalidade
Espaço de Pesquisa Virtual I 76 Pesquisa acadêmica
Espaço de Pesquisa Virtual I 02 Usuários com deficiência
Setores administrativos 30 Atividades técnicas e administrativas
Setor de Circulação 03 Autoempréstimo
Setor de Circulação 01 Emissão De GRU
Setor de Circulação 01 Equipamento de autodevolução
Setor de Circulação 06 Consulta ao acervo
Setor de Circulação 01 Usuários com deficiência
Coord. Recursos Tecnológicos 03 Servidores
Coord. Recursos Tecnológicos 03 Servidores virtualizados
Coord. Recursos Tecnológicos 04 Notebooks
Setor de Referência 98 Netbooks
Setor de Referência 02 Atividades técnicas e administrativas

Dentro da política de inclusão digital defendida pela Direção Executiva da UFLA, foram disponibilizados computadores portáteis (netbook) para empréstimo domiciliar aos usuários, desde outubro de 2011. O objetivo desse projeto é atender a uma parcela dos estudantes que ainda não possuem equipamentos portáteis para estudos, pesquisas e participação em eventos, além de facilitar o acesso ao Portal de Periódicos Capes e outros recursos digitais.

Em se tratando dos serviços prestados pela BU, além de consulta local e empréstimo domiciliar, é realizada também renovação, reserva, autoempréstimo, autodevolução e disseminação seletiva da informação. Também está disponível a preparação de fichas catalográficas de teses e dissertações, com dados fornecidos pelos próprios usuários e de materiais bibliográficos publicados na UFLA. Em fevereiro de 2013, com o intuito de preservar e dar mais visibilidade à produção científica da UFLA, foi implantado o Repositório Institucional da UFLA (RIUFLA), por meio de edital de chamada FINEP/PCAL/XBDB, pelo qual a UFLA foi contemplada com o kit tecnológico, composto por um servidor pré-formatado e configurado com o sistema operacional baseado na plataforma Unix/Linux, com os softwares Apache, MySQL, PHP, Dspace e SEER. O Repositório tem como objetivo gerenciar, organizar e disseminar a produção intelectual da instituição em uma única base de dados. Também são realizados na BU empréstimo entre bibliotecas externas, intercâmbio de publicações, serviços de reprografia e comutação bibliográfica – COMUT. O serviço de comutação bibliográfica permite a obtenção de cópias de documentos técnico-científicos disponíveis nas principais bibliotecas brasileiras e em serviços de informações internacionais.

O número de usuários registrados na biblioteca é de 42.132. Desses, 23.590 são usuários ativos. O espaço para estudo é de 1250 m2. Já o número de empréstimo/renovações em 2015 foi de 128.783, foi menor do que 2014 devido a greve dos técnicos administrativos e docentes , conforme o Quadro 4.

Quadro 4 – Número de empréstimo por ano

Ano Empréstimo Devolução Renovação
2017 75.453 258.136 75.873
2016 61.231 153.750 59.031
2015 41341 37847 87442
2014 54364 55062 103686
2013 58.025 58.092 88.541
2012 31.903 29.765 50.158
2011 40.010 39.984 54.328
2010 38.038 37.736 56.190

 A biblioteca oferece o Programa de Capacitação de Usuários (PCU), nas modalidades presencial e à distância e é disponibilizado em 6 módulos:

  • Módulo 1: Programa de Capacitação de Novos Usuários (PCNU) - apresentar aos novos usuários as informações essenciais do Regulamento da Biblioteca, a fim de torná-los autônomos e aptos à plena utilização dos espaços disponíveis e dos serviços oferecidos;
  • Módulo 2: Normalização de trabalhos acadêmicos - apresentar as principais normas para formatação e estruturação de trabalhos acadêmicos conforme o Manual de Normalização da UFLA, e apresentar os trâmites de pós-defesa dos cursos de mestrado e doutorado da UFLA;
  • Módulo 3: Normalização bibliográfica - apresentar as normas da ABNT para elaboração de referências e citações;
  • Módulo 4: Fontes de informação e estratégias de buscas - instruir sobre a importância da consulta de fontes de informação confiáveis e apresentar algumas estratégias de busca eficientes na procura de documentos, além de apresentar mais detalhadamente outros recursos oferecidos pela Biblioteca Universitária da UFLA, tais como: Repositório Institucional, Comut, Meu Pergamum;
  • Módulo 5: Portal de Periódicos da Capes - apresentar o Portal de Periódicos da Capes e orientar sobre as bases de dados disponíveis;
  • Módulo 6: Base de dados do Portal de Periódicos da Capes - apresentar base de dados específicas do Portal da Capes.

O Portal de Periódicos da Capes pode ser acessado de qualquer computador da UFLA ou remoto, através de configuração do Proxy dos computadores particulares e login (utilizando o e-mail institucional) disponibilizados para todos os alunos, incluindo os matriculados em cursos à distância. O Portal conta com mais de 37 mil periódicos disponíveis em texto completo, 126 bases referenciais, 11 bases dedicadas exclusivamente a patentes, além de livros, enciclopédias, obras de referência, normas técnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual. A Biblioteca oferece também o recurso eletrônico “ABNT Coleção”, através desse serviço é possível gerenciar e consultar as normas técnicas atualizadas da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Como atividade extensionista, em outubro de 2013, foi implantado o Projeto de Biblioteca Itinerante, parte do Ônibus UFLA, do qual o principal objetivo é promover a cidadania por meio da educação e cultura, favorecendo o processo de formação social. Visa ultrapassar as fronteiras do espaço tradicional da Biblioteca Universitária e incentivar o hábito e o prazer pela leitura em Lavras e região, oferecendo empréstimo de livros, exposições didático-científicas e atividades lúdicas e culturais.

Por fim, como atividade cultural e de conhecimento, a biblioteca promove anualmente a “Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA” (SLBU), originária pelo Decreto Nº 84.631 de 09 de abril de 1980, com início em 23 de outubro e término em 29 do mesmo mês, sendo a última data consagrada ao Dia Nacional do Livro, pela Lei 5.191de 18 de dezembro de 1980. Conforme o decreto, nessa semana, atividades folclóricas e culturais devem ser levadas a efeito em todo o país. Conhecida como SLBU, esse evento é uma realização da Universidade Federal de Lavras e é organizado, anualmente, pela Biblioteca da UFLA, que instituiu uma Comissão para os preparativos das comemorações. Cabe o destaque para as edições de 2013 e 2014 que homenagearam Vinícius de Moraes e Chico Buarque respectivamente.

No decorre do ano outras campanhas referentes à utilização e conservação do acervo e ao uso correto do espaço da biblioteca são promovidas.

Quadro 5 – Cronologia da Biblioteca Universitária

1958 1º ano Poucos livros doados por professores, alunos e servidores
1961 3 anos Amontoado de alguns livros sem nenhuma organização
1965 7 anos Poucos livros e revistas foram submetidos à uma limpeza
1966 8 anos Data de criação da biblioteca, sem registro documental
1970 12 anos Criada a primeira Comissão de Biblioteca
1979 21 anos Biblioteca mudou para o Campus novo em prédio próprio
1983 25 anos Foi inaugurado a 2ª Ala da Biblioteca
2004 46 ano I Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2006 48 anos Implantação do Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas Pergamum
2006 48 anos Criação da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD)
2007 49 anos II Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2008 50 anos III Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2008 50 anos 50 anos Centenário da UFLA – Status de Biblioteca Universitária
2008 50 anos Inaugurado a 3ª Ala da Biblioteca
2009 51 anos IV Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2010 52 anos V Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2011 53 anos VI Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2012 54 anos VII Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA
2012 54 anos Implantação de autoserviços com tecnologia RFID
2012 54 anos Criado o Repositório Institucional (RIUFLA)
2013 55 anos Projeto Biblioteca Itinerante – ônibus UFLA
2013 55 anos VIII Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA – Homenagem a Vinícius de Moraes
2013 55 anos Lançado o Projeto Biblioteca Itinerante
2014 56 anos IX Semana do Livro e da Biblioteca da UFLA – Homenagem a Chico Buarque
2015 57 anos Implantação do Serviço de Referência Virtual
2018 60 anos Início da utilização e aquisição de livros eletrônicos

 

 

Atualizado pela Comissão Técnica da Biblioteca, em fevereiro de
2018.

Criado por Vânia Natal de Oliveira,,
2011.